Leitura: Juntos Para Sempre

Foi lendo uma coluna na revista Exame que me interessei pelo título do livro: “Juntos Para Sempre” do autor e escritor Walcyr Carrasco, que sonhou com a história e resolver passar pro papel…
É uma leitura leve e bem gostoso de ler, li rapidinho em menos de 1 semana.

JuntosParaSempreWalcyrCarrasco

IMG_6030

 

Sinopse:

Alan é um advogado bem-sucedido de São Paulo e leva uma vida aparentemente perfeita: mora em uma cobertura luxuosa, namora uma mulher lindíssima e pode ter tudo o que quiser. Mas todas as noites é atormentado por um sonho que o leva a um amor de outra vida. Assiste à morte na fogueira de uma jovem. E nesse momento promete: “-Eu me amarei para sempre!”. Quando desperta o sonho fica em sua cabeça. Envolvido por esse mistério, Alan vive dias de angustia. Tudo muda quando ele viaja para uma cidade do interior e encontra uma moça semelhante à que aparece em seu sonho. A profunda emoção que sente ao vê-la confirma que é a mesma pessoa. Essa é a primeira de várias evidências de que nada acontece por acaso. Mas, para seu espanto, a moça foge aterrorizada ao deparar com ele. Agora Alan precisa descobrir quem é essa mulher e qual é a ligação entre eles. Para isso, terá que rever sua existência e descobrir que as coisas realmente importantes não podem ser compradas. Auxiliado pela Terapia de Vidas Passadas, ele se entregará a uma árdua jornada de autoconhecimento. E entenderá que, embora o passado não possa se mudado, há uma nova vida para superar os erros e refazer os laços de amor, em busca de um futuro luminoso.

O que eu achei:

Logo de cara já simpatizei com o personagem guloso Alan, apesar dele “ostentar” uma vida de luxo demonstrava muito carinho pelo seu (fiel e único) amigo e compaixão por sua mãe e por sua irmã.
A busca pelo conhecimento do passado e o fato dele desistir de tudo por um amor até então impossível foi pra mim o auge do livro…

Alguns trechos/frases legais:

“A dor de uma vida inteira pode ser superada pela beleza de um momento”
“Alguém só sabe quem vai ser quando respeita quem foi”

Alguém por aí leu?
Mil beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image