Dica de leitura: O melhor de mim – Nicholas Spark

Oi amores, hoje a resenha é do livro O melhor de mim do Nicholas Spark, esse é o segundo livro que leio do escritor, o primeiro foi Querido John já adianto que Nicholas sabe como ninguém escrever um bom romance.


Sinopse:

Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois.

O que eu achei:
Antes de tudo, puxa que contraste esse livro do último que li o A culpa é das Estrelas (se quiserem descobrir o porquê cliquem aqui), mas posso dizer que gostei muito.

Por se tratar de um reencontro depois de muitos anos, posso dizer que o livro trata de um romance adulto sabe? Já que os personagens já passaram por outras experiências e eles tem digamos os pés no chão.

Esse é daqueles livros com o final que você acha que sabe o que vai acontecer, mas acaba sendo surpreendido…

Enfim, se estiver em busca de um bom romance com direito a lágrimas no final, esse é o livro certo.

Alguns trechos legais:

“(…)Porque você não é só alguém que amei no passado. Você era minha melhor amiga, a melhor parte de quem eu sou, e não consigo me imaginar desistindo disso outra vez. – Ele hesitou, buscando as palavras certas. – Eu lhe dei o melhor de mim e, depois que você foi embora, nada jamais voltou a se o mesmo.”

“Quando o verão acabou, ele já sabia que estava apaixonado e, quando o ar ficou mais fresco e as folhas de outono começaram a cobrir o chão de vermelho e amarelo, não tinha dúvidas de que queria passar o resto da vida com Amanda, por mais louco que isso parecesse (…) Com Amanda, era fácil para Dawson ser ele mesmo. Pela primeira vez na vida, ele se sentia feliz.”

“- Eu sabia que você me amava e que seria capaz de tudo por mim. E, em parte, foi por isso que sofri tanto quando você terminou comigo, Dawson. Porque, mesmo naquela época, eu sabia como esse tipo de amor é raro. Só os mais felizardos chegam a conhecê-lo.”

“- (…) naquela época, eu tinha noção da minha sorte. (…) não tentava me impressionar o tempo todo. (…), me aceitava do jeito que eu era. Então nada mais importava, nem a minha família nem a sua, nem qualquer outra pessoa no mundo. Bastávamos nós dois.”

Pra comprar: R$ 18,90 na Livraria Saraiva

Alguém já leu?

Mil beijinhos
Kammy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image
Reload Image